Postagens
recent

Dinamarca adota 'pilula de Cultura' para tratar pacientes com depressão

Dinamarca adota 'pilula de Cultura' para tratar pacientes com depressão




A Dinamarca criou um novo programa de tratamento a pacientes com depressão. Batizado de Kulturvitaminer, ou "vitaminas de cultura", o programa oferece aos pacientes encontros com profissionais de diversas áreas artísticas que os ajudam a tirar o foco da doença e incentivar a autoconfiança. O coordenador do projeto, Mikael Odder Nielsen, não tem formação na área de saúde, mas tem experiência em trabalhar com jovens vulneráveis. Formado em musicologia, ele diz que a cultura renova a energia das pessoas, ajudando a construir “a autoconfiança e fortalecer a habilidade deles em serem mestres de suas próprias vidas", contou o dinamarquês, em entrevista ao G1.

O programa já atendeu 260 pacientes por indicação de centros de empregabilidade locais. A proposta é que ele atenda cerca de 100 pessoas por ano. "A Organização Mundial da Saúde (OMS) prevê que o estresse e a depressão serão duas das maiores causas de doença no ano 2020. Mais e mais pessoas têm saúde mental precária”, declarou. O projeto é mantido pelo Centro de Saúde Mental do Departamento de Saúde e Cultura de Aarlborg.  As atividades do Kulturvitaminer acontecem três vezes por semana durante um período de dez semanas. "Os cidadãos conhecem guias culturais muito competentes, bem preparados e dedicados que oferecem uma 'pílula de cultura' para botar de novo um sorriso nos rostos deles, conseguir apoio e fé em si mesmos", explicou o musicólogo.

Os pacientes fazem leituras coletivas, compartilham seus pensamentos e memórias. O grupo também integra um coral, que, segundo Nielsen, estimula o cérebro promover dopamina, um antídoto para os hormônios do estresse. Ainda são realizados passeios pelo arquivo histórico da cidade, além de teatros para conhecer o palco, as coxias e bastidores entre outras atividades. O projeto já colhe resultados, como a volta ao mercado de trabalho de muitos pacientes. O governo dinamarquês já investiu mais de R$ 4 milhões em projetos do tipo, dos quais a prefeitura de Aalborg recebeu R$ 1 milhão, além de ter desembolsado o mesmo valor para manter o projeto.
FONTE: BAHIA NOTICIAS.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.