Em expansão na Bahia, formação de técnico em enfermagem oferece boas oportunidades


Eles estão nos hospitais, clínicas, em atendimentos de urgência e emergência em postos e centros de saúde. Presenças fundamentais na atenção domiciliar, no tratamento de feridas e até mesmo nos serviços de especialidades médicas. O mercado de trabalho para o técnico de enfermagem está em expansão no Brasil e na Bahia, especialmente porque além da assistência direta ao paciente, eles também trabalham com gestão, pesquisa e empreendedorismo. Membro do Conselho Regional de Enfermagem (Coren-Ba), Cláudia Magalhães, 48 anos, por exemplo, começou a formação técnica há 28 e atuou em instituições como os hospitais de Irmã Dulce, Sagrada Família e Cárdio Pulmonar. Há dez anos ela concluiu a formação superior na área, mas reconhece não poder esquecer o quanto a base técnica foi fundamental para o seu crescimento pessoal e profissional. “O curso técnico foi fundamental para que eu conseguisse vislumbrar o exercício e o mercado com um olhar muito mais crítico e assertivo”, diz a profissional, que agora caminha para a segunda especialização, dessa vez em enfermagem forense (ela é especializada em enfermagem do trabalho). Formações A gestora do Senac Aquidabã, Farani Gama, local que oferece curso de técnico de enfermagem, ressalta que a formação técnica habilita profissionais a promoverem o bem-estar dos pacientes, atuando com ações de prevenção, recuperação e reabilitação da saúde. “O objetivo é formar um profissional com conhecimentos técnicos e atuação humanística”, afirma, reforçando que, no Senac, a grade curricular, por exemplo, é multidisciplinar, com o intuito de preparar o aluno para atender às exigências do mercado de trabalho.
Na verdade, o Senac iniciou a oferta com o Curso Auxiliar de Enfermagem em 1989. A partir de 1997, passou a oferecer o curso Técnico em Enfermagem. Até então, são 24 turmas ofertadas, com cerca de 700 profissionais formados nesta ocupação, com 75% destes absorvidos pelos maiores hospitais do Estado, a exemplo do São Rafael, com o qual o Senac mantém convênio há mais de 20 anos.“Atualmente estamos com matrículas abertas para a turma que inicia em 07 de outubro e vai até 25 de março/2022”, diz Farani. Atuações Atualmente, o mercado que mais absorve profissionais recém-formados está justamente na assistência direta, especialmente na rede de serviços assistenciais, como os diversos programas de Saúde da Família. Vale salientar que os profissionais que escolhem atuar com a assistência direta ao paciente, geralmente, atuam em redes hospitalares, nas unidades básicas de saúde, nos serviços de pré-atendimento hospitalar, nos home cares, nos centros de transplantes de órgãos, nos serviços especializados em estomatologia (feridas), oncologia, obstetrícia, neonatologia, pediatria, geriatria, entre tantos outros. Já para aqueles que também têm habilidade para gestão, há a possibilidade de desenvolver funções nas coordenações de hospitais, postos de saúde, secretarias e universidades. Farani Gama ressalta que, no caso do Senac, há um serviço gratuito de encaminhamento ao mercado de trabalho, o Banco de Oportunidades, onde diversas empresas do segmento cadastram suas ofertas de vagas. O ensino e a pesquisa são outras áreas de atuação que absorvem os profissionais de enfermagem, especialmente aqueles que investem na área acadêmica. Dentro da formação técnica, há a possibilidade do egresso da formação também realizar cursos de aperfeiçoamento como Assistência de Enfermagem em nefrologia; oncologia; em Terapia Intensiva; em Emergência, Urgência e Traumas; em Home Care; Cálculos e Farmacologia, entre outros.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------
Envie Sua sugestão para radio101newsfm@gmail.com 
Entre em contato via Whatsapp Com nossa Produção: 074 9 88381282 Ou CLIQUE AQUI
Ouça nossa Programação AO VIVO Clique no Play abaixo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.